FREGUESIA DE SÃO FRANCISCO DO CONDE

Escrito por Viraldo B. Ribeiro
Sáb, 23 de Maio de 2009 15:15

81cc4e3fabdca984969104871e4d24efNoticias sobre a Freguesia de São Gonçalo da Vila de São Francisco da Barra do Sergipe do Conde pelo Vigário Callado Valentim dos Santos Neves – 1757
Tem 325 fogos com 2724 almas das quais 2500 são de confissão e comunhão e 224 são só de confissão, e tem a dita freguesia três léguas de comprimento e duas e meias de longo .

Principia esta freguesia esta freguesia da barra do Sergipe do Conde para a parte do Norte, onze léguas distante da cidade da Bahia, onde está situada a Vila de S. Francisco da Barra de Sergipe do Conde, primeira vila que se erigiu no Recôncavo da cidade da Bahia. Corre a freguesia pelo rio Sergipe do Conde buscando o oeste légua e meia, rio navegável de lanchas, barcas, e canoas buscando o mesmo norte por espaço de légua e meia, acaba no mar salgado, acaba o mar salgado em um engenho de canas moente e corrente chamado Pericoara.
Pela parte do Leste desta dita freguesia principia o rio Guaíba buscando o Norte, navegável de barcos, lanchas, canoas o qual rio, buscando dito Norte légua e meia acaba no engenho de Baixo, ficando esta freguesia de São Gonçalo pela parte do Oeste, e a freguesia de Nossa Senhora do Monte para a parte do Leste.
Tem esta freguesia dois conventos de religiosas um de padre capuxos de S. Antonio sito no mesmo sitio da vila, e o outro uma légua distante da Matriz dos religiosos do Patriarca S. bento, e seis capelas filiais.
Tem esta freguesia quatorze engenhos a saber; o de S. Bento dos religiosos do mesmo Santo, o de Pericoara, o da Colônia, o do Macaco, o do Buranhém, o do Capimirim, o de São João, o de Nazaré, o Gurgoya Grande, o de Crutingui, o da Gurgoya Pequena, o do Rio das Pedras, o da Guaíba, e o de Marapé
Não tem esta freguesia povoação que o do Sitio da Vila donde principia, que as mais constam de cada um dos engenhos, não tem rios navegáveis pelo meio, exceto nos invernos chuvosos alguns rios de água doce, que em certas ocasiões impedem o passar. Parte esta pela parte do Leste com a freguesia de Nossa Senhora do Monte, e pela do Sul e Este com a de Nossa Senhora da Purificação da Vila de Santo Amaaro donde traz no seu nascimento o rio Sergipe do Conde, e da parte do Norte com a de S. Pedro de Traripe. Tem esta freguesia uma ilha chamada Cajaiba pela parte do Sul, a qual terá quatro légua e está hoje quase despovoada, só com moradores e outra ilha mai9s pequena com um morador somente.

Agosto de 2002. (17.11.2008)