Revista Eletrónica

El sitio se originó de los textos editados en una hoja de A4, en forma de periódico, que circula entre algunos amigos, con el nombre de Bangüê.

Los textos tratan básicamente de ingenios, usinas, negros, esclavos, capillas, sobrantes, caña, cañaveral, masapê, carro de buey, señores de ingenios, elementos responsables por la industria de la caña de azúcar en el Recôncavo baiano, desde la colonización de Brasil.

El sitio fue resultado de sugerencia e incentivo de algunos de esos amigos, admitiendo que en Internet los temas del Bangüê serían enriquecidos por los visitantes.

El periódico permanece en la carretera con el mismo propósito originario, con sus investigaciones, conversaciones, registros fotográficos de las ruinas, textos e incluso poemas.

Caminho do Rio Pojuca Caminho do Rio Pojuca NNV NVN O Rio Pojuca em Terra Nova NNV NVN O Rio Pojuca em Terra Nova Engenho Central de Bom Jardim Engenho Central de Bom Jardim Santo Amaro Santo Amaro Nasce um Jornal, uma vida Nasce um Jornal, uma vida FREGUESIA DE S. AMARO; A FORÇA DA FEIRA; SÃO PEDRO DO RIO FUNDO FREGUESIA DE S. AMARO; A FORÇA DA FEIRA; SÃO PEDRO DO RIO FUNDO DE VIRGULINO LAMPIÃO A LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA DE VIRGULINO LAMPIÃO A LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA FELIZ ANIVERSÁRIO; TERRA NOVA – HISTÓRIA FELIZ ANIVERSÁRIO; TERRA NOVA – HISTÓRIA O SALTO DOS SANTOS; BEM LEMBRADO O SALTO DOS SANTOS; BEM LEMBRADO USINA DE FOGO MORTO; O RAMAL FERROVIÁRIO; NO RASTRO DOS ENGENHOS USINA DE FOGO MORTO; O RAMAL FERROVIÁRIO; NO RASTRO DOS ENGENHOS DA SÉRIE SER BOM TAMBÉM SE APRENDE A SER DA SÉRIE SER BOM TAMBÉM SE APRENDE A SER SONHO; ENGENHOS; FÁBRICA DA BAHIA SONHO; ENGENHOS; FÁBRICA DA BAHIA TERRA NOVA 40 ANOS; HISTÓRIAS DO MASSAPÊ TERRA NOVA 40 ANOS; HISTÓRIAS DO MASSAPÊ O MUNICÍPIO DE SANTO AMARO; ENGENHOS CENTRAIS; FERROVIA O MUNICÍPIO DE SANTO AMARO; ENGENHOS CENTRAIS; FERROVIA TAMARINEIRO DO ARAMARÉ TAMARINEIRO DO ARAMARÉ PALESTRANDO PALESTRANDO PASSÉ; OS JESUÍTAS; FREGUESIA DE ITAPOROROCAS PASSÉ; OS JESUÍTAS; FREGUESIA DE ITAPOROROCAS TERRA NOVA; ENGENHOS CENTRAIS / USINAS; OS CATINGUEIROS TERRA NOVA; ENGENHOS CENTRAIS / USINAS; OS CATINGUEIROS MISCIGENAÇÃO; FARINHA DO QUICÉ MISCIGENAÇÃO; FARINHA DO QUICÉ DESCOBRIDORES DESCOBRIDORES ILHAS NEGRAS; USINAS; MOLÉCULA DESAPARECE, MAS SUA “MEMÓRIA”: PERMANECE; CRISTÃOS NOVOS NOVAMENTE ILHAS NEGRAS; USINAS; MOLÉCULA DESAPARECE, MAS SUA “MEMÓRIA”: PERMANECE; CRISTÃOS NOVOS NOVAMENTE A LONGA VIAGEM; FOGO MORTO; TERRA NOVA PONTO ZERO A LONGA VIAGEM; FOGO MORTO; TERRA NOVA PONTO ZERO MICARETA; INCENTIVO À LEITURA MICARETA; INCENTIVO À LEITURA DE LAMPIÃO A LULA DA SILVA DE LAMPIÃO A LULA DA SILVA HISTÓRIAS DO MASSAPÊ; A FEIRA E SEUS PERSONAGENS HISTÓRIAS DO MASSAPÊ; A FEIRA E SEUS PERSONAGENS ESCRITÓRIO DA USINA DE TERRA NOVA; DEVER DE CASA; CARRO DE BOI ESCRITÓRIO DA USINA DE TERRA NOVA; DEVER DE CASA; CARRO DE BOI SISTEMA DE COTAS SISTEMA DE COTAS O ENCONTRO DO DESENCONTRO E A EDUCAÇÃO; MEU NOME É ZÉ; INÍCIO DA ESCRAVIDÃO O ENCONTRO DO DESENCONTRO E A EDUCAÇÃO; MEU NOME É ZÉ; INÍCIO DA ESCRAVIDÃO HISTÓRIA DE TERRA NOVA HISTÓRIA DE TERRA NOVA O GUIADOR O GUIADOR DEMOLIÇÃO DA IGREJA DA SÉ; TEM CERTAS COISAS QUE NÃO SEI DIZER; BEM-TE-VI DEMOLIÇÃO DA IGREJA DA SÉ; TEM CERTAS COISAS QUE NÃO SEI DIZER; BEM-TE-VI DE ONDE VIEMOS; MEMÓRIA PERDIDA;INTEGRAÇÃO; COMPADRIO; RELIGIÃO DOS QUE VOLTARAM; DIFICULDADE DA VOLTA DE ONDE VIEMOS; MEMÓRIA PERDIDA;INTEGRAÇÃO; COMPADRIO; RELIGIÃO DOS QUE VOLTARAM; DIFICULDADE DA VOLTA DEVER DE CASA; MOENDA; OS CATINGUEIROS DEVER DE CASA; MOENDA; OS CATINGUEIROS HISTÓRIA DO BANGÜÊ HISTÓRIA DO BANGÜÊ PUBLICAÇÕES RELACIONADAS PUBLICAÇÕES RELACIONADAS NO CAMINHO DA ESCOLA NO CAMINHO DA ESCOLA CAPELA DE SÃO MIGUEL CAPELA DE SÃO MIGUEL BURRO DE CANA; USINA ITAPETINGUÍ; REFÚGIO DA FAMÍLIA REAL BURRO DE CANA; USINA ITAPETINGUÍ; REFÚGIO DA FAMÍLIA REAL RETORNO; VOZ DE TERRA NOVA; FÁBRICAS DE CALÇADOS RETORNO; VOZ DE TERRA NOVA; FÁBRICAS DE CALÇADOS http://www.bangue.com.br/portal/botada-juntas-de-alforria-o-negro-revoltado-pierre-fatumbi-verger/ http://www.bangue.com.br/portal/botada-juntas-de-alforria-o-negro-revoltado-pierre-fatumbi-verger/
« 1 de 2 »