Dona Mocinha – Maria Helena

Conversando com Mocinha- Maria Helena Barbosa (minha tia), sobre suas idas a São Caetano, acompanhando sua professora Alice Nogueira (ia depois da aula para costurar), surgiu dela, no meio da conversa, a feirinha de São Caetano.

– Mocinha, quando dona Alice lhe levava para a casa dela em São Caetano, quem mais morava lá?

-Olhe o pai dela [Avelino Nogueira] era administrador da usina, era uma casa grande, ele morava com empregadas; a mulher dele já tinha morrido; a professora Alice morava na casa da escola em Terra Nova [dona Alice começou a ensinar1928/1929, Mocinha nasceu em 1921, tinha 7 para oito anos]

E Mocinha continuou:

– Antes de dona Alice foi à professora Conceição;

– Ela foi professora de Eduardo [seu irmão];

São Caetano era formado por duas ruas, uma defronte da outra [paralelas].

– Como a Rua do Quadro?

– Sim. Tinha um barracão bem grande; tinha também uma feira;

A feira era dia de quinta feira.

– Uma Feira! Dia de quinta feira!

– Sim, dia de quinta feira.

– Então o Barracão era o Mercado

– Sim as coisas eram vendidas lá dentro, parecia à feira do Japão [alusão a Feira do Japão na Liberdade em Salvador]; era uma feira de pobres; era gente descalça, de chinelo, tamanco. As coisas também eram vendidas no lado de fora, no chão em cima de pano [sacos de pano];

Era para atender o que faltava no meio da semana;

Vendia feijão, farinha, peixe seco na corda, xangó, tomate… Vinha tudo da redondeza [o que, e quem comprava, e o que e quem vendia];

As pessoas plantavam roças nas terras dos patrões, os Pacheco, por exemplo;

Vinha gente de Paranaguá, São Bento, meus vizinhos de Terra Nova Velha. Triunfo, Carapiá, Proposito, Brejo de Arroz.

– Como a feira se acabou?

– Começou a acabar com a morte de seu Avelino, ele era administrador da usina, a feira foi se acabando aos poucos.

– Quando o pai de dona Alice morreu você ainda estava na escola?

– Sim, eu ainda estava.

[Essa feirinha pode ter sido a feira implantada em 1819, no quarto dia da semana, nas terras do Aramaré].

Terra Nova, 23 de julho de 2015 VR.

 

Dia 22 de Abril 2011 – Bangüê – Sobre o desvio Pacheco

Mocinha você conheceu o ramal Pacheco em Terra Nova velha?

– Não, eu conheci o ramal Catita, começava depois do inicio da linha de São Bento e ia para os Pachecos, não entroncado nem começava na Leste nem com São Bento.

Dia 07 de março de 2018 – Eulina e Milu Pacheco eram filhas de dona Amélia – sinhá Amélio era avó – Chico Portela ia para Santo Amaro para testemunhar que não eram filho de Doutor Américo Pacheco. As filhas é que não deixaram. Ele Chico Portela era quem levava as compras para sinhá Amância (mulher de Chico Portela Amância)

[11/02/2019 – olhar a conversa de Zelinda]

 

Dia 09 de abril de 2020 –aprendizes de Mocinha

Nieta… (de dona Canuta)

Nicinha

Filha de Jacó – Valdete, Jandira.

Rizolêta prima de Chicão

Viraldo Ribeiro

Viraldo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *